Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies

A Gestão Financeira do seu Consultório Odontológico Durante a Pandemia

Compartilhe este post:

As finanças são um alicerce importante para qualquer negócio. E isso vale também para os consultórios odontológicos.

A pandemia trouxe à tona algumas dificuldades e obstáculos para as empresas, e a gestão financeira poder ser uma ferramenta que irá auxiliar bastante os negócios nesse momento de incertezas.

Continue a leitura para entender o que é gestão financeira e como ela pode te ajudar nesse momento de crise.

Dica de leitura: Dicas para manter a produtividade durante a quarentena

A Gestão Financeira é essencial para qualquer negócio

Antes de mais nada é importante pontuar que a gestão financeira não é importante apenas em momentos de crise, como o qual vivemos.

Na verdade, a gestão financeira deve ser usada regularmente como uma ferramenta crucial na administração de qualquer negócio, inclusive em consultórios odontológicos.

Nesse sentido, a gestão financeira tem como objetivo maximizar os resultados da empresa, através do controle dos gastos e despesas, dos investimentos, do planejamento de movimentações financeiras e da gestão da receita.

Grandes empresas possuem áreas de finanças bastante robustas, com um elevado número de colaboradores. Mas isso não quer dizer que um negócio de pequeno ou médio porte esteja impossibilitado de fazer sua gestão financeira corretamente.

É bastante possível que você sozinho consiga fazer a gestão financeira da sua clínica odontológica. Mas é importante que você entenda com mais profundidade sobre finanças. Além disso, é importante contar com a ajuda de alguma ferramenta automatizada para fazer seu planejamento financeiro.

O que é Planejamento Financeiro?

O planejamento financeiro é um conjunto de processos, análises e ferramentas que, juntas, possuem o objetivo de mapear e projetar a situação financeira do seu negócio.

Nesse sentido, o planejamento financeira da sua clínica odontológica deve conter informações, tais quais:

  • Valores das despesas;
  • Valores dos custos fixos e variáveis;
  • Receita mensal do consultório;
  • Valores de investimentos e movimentações financeiras;
  • Valores de impostos e demais obrigações.

Com essas informações, você consegue entender qual a situação atual da sua clínica e traçar metas e objetivos que visam melhorar esses indicadores.

Portanto, o planejamento financeiro é um mapa que vai te ajudar a entender os caminhos e a tomar as decisões, baseadas em dados, para que você consiga fazer crescer o seu negócio.

Dica de leitura: Como definir o preço dos meus serviços odontológicos?

Como fazer a Gestão Financeira do consultório na Pandemia?

Já vimos como é importante a gestão e planejamento financeiro e como eles podem te ajudar a trazer mais resultados para o seu consultório odontológico.

No entanto, o momento no qual estamos vivendo trouxe algumas adversidades para todas empresas e negócios. Com a pandemia do COVID-19, muitas empresas tiveram que encarar a redução brusca de clientes e pacientes por conta da quarentena implementada em diversas cidades e estados.

Dessa forma, a gestão financeira nunca foi tão importante para lidar com um momento tão delicado que vive a nossa economia.

Mas como você pode usar da gestão financeira para entender melhor qual decisão tomar em meio à pandemia do COVID-19?

Análise de cenário

Antes de mais nada é importante você entender como está a situação do seu consultório, dentro do cenário atual.

Para tanto, você pode responder algumas perguntas-chave para fazer este mapeamento:

  • Qual foi o impacto que o COVID-19 teve na receita do seu consultório?
  • Houve também redução nas despesas e custos variáveis ou fixos?
  • Como a pandemia impactou as operações do seu consultório odontológico?
  • Os seus fornecedores também foram impactados? Como?

Respondendo essas perguntas e pensando em novos questionamentos, você consegue montar um mapa do cenário atual do seu negócio. Dessa forma, fica mais fácil entender o que deve ser feito e qual estratégia e quais decisões tomar.

Atenção às notícias

Como a pandemia traz novidades a todo momento, é importante ficar ligado às notícias. Nesse caso, é essencial verificar periodicamente o site do Conselho Federal de Odontologia — CFO.

Isso porque pode haver diversas atualizações no que diz respeito a facilidades de linha de crédito para a categoria, postergação de pagamento de impostos ou qualquer outra informação que pode ajudar o seu consultório nesse momento difícil.

Além disso, busque outras fontes de conteúdo, como o blog do Serodonto. Lá, você encontra diversos artigos que te ajudam na gestão do seu negócio.

Planejamento e acompanhamento

Com as informações acima em mãos, você consegue montar seu planejamento financeiro para encarar a crise.

Leve em consideração todos os dados que você levantou e identifique as oportunidades de redução de despesas ou aumento de receita, por exemplo.

Nesse momento é importante que você consiga ter relatórios detalhados sobre o seu negócio. Quanto mais informações automatizadas você tiver, mais rápido você conseguira analisar os dados para tomar decisões mais assertivas.

Em seguida, trace um plano de ação cuidadoso para que você consiga atingir suas novas metas e objetivos.

Não se esqueça de colocar alguns fatores de risco — como a incerteza de quando que a pandemia irá terminar — e ir atualizando o seu planejamento conforme for adquirindo novas informações e dados.

Dica de Leitura: Como as redes sociais podem trazer resultado para o seu consultório odontológico?

Automatização de processos para seu controle

A gestão financeira é uma ferramenta extremamente importante para a saúde e crescimento do seu consultório odontológico. Ela deve ser feita em qualquer cenário e não somente em meio à crises.

Dessa forma, o que pode te ajudar a fazer essa gestão é ter ferramentas que permitem a automatização de alguns processos, bem como a extração de relatórios gerenciais.

Nesse sentido, o Software Odontológico Serodonto possui diversos recursos que podem te auxiliar, como:

  • Automatização dos processos de cobrança e controle de meios de pagamento;
  • Integração com todos os bancos e com diversas plataformas de pagamento como Cobre Fácil, ASAASVindi;
  • Integração com maquininhas de cartão com conciliação automática de pagamento;
  • Organização dos processos financeiros desde o contas a pagar e receber, gestão de pagamento dos dentistas e fluxo de caixa;
  • Extração de relatórios com dados e informações do sistema, possibilitando análises para tomada de decisões mais assertivas.

Dessa forma, o uso de um Software Odontológico como o Serodonto trará diversos benefícios e te ajudará na gestão financeira do seu consultório.

Quer saber mais? Acesse nosso site e entre em contato!